Arquivo da categoria: Plano Popular

Nota sobre a Urbanização da Vila Autódromo

:: Prefeitura e moradores da Vila Autódromo entram em acordo sobre projeto de urbanização ::

Nota dos moradores da Vila Autódromo sobre a reunião realizada ontem com o prefeito Eduardo Paes.

Depois de apresentar o projeto de urbanização para a imprensa há três semanas, ontem, dia 28, após a solicitação que fizemos através de um abaixo assinado, fomos recebidos pelo prefeito para, finalmente, conhecermos o Plano.

Neste encontro, após as explicações do arquiteto da prefeitura e do próprio prefeito, Eduardo Paes se comprometeu a incorporar as demandas apresentadas por nós de forma a adequar o projeto às nossas necessidades.

Seguimos mobilizados até que as obras de urbanização estejam completas e nossa permanência garantida através do dispositivo jurídico pertinente.

Continuamos de olho e atentos!

A Vila fica!

#‎URBANIZAJÁ

Petição: Urbaniza a Vila Autódromo

Quando anunciou um outro plano para a Vila Autódromo, o prefeito Eduardo Paes finalmente disse que estava disposto a dialogar com os moradores. O prefeito, porém, ainda não recebeu os moradores para falar da sua decisão, nem para mostrar esse plano.

No dia 15/03 os moradores foram até a prefeitura, com um abaixo-assinado das famílias, para pedir uma reunião sobre a urbanização, mas não tiveram resposta.

Assine a petição em apoio ao pedido para que o Paes veja que somos muitas pessoas aguardando a sua resposta: http://urbanizaavila.meurio.org.br

Nota: 10 dias do anúncio da prefeitura

No dia 08 de março (terça feira) dia internacional da mulher e também o dia em que o prefeito mandou demolir a casa de uma das lideranças da Vila Autódromo a senhora Maria da Penha através do juiz Marcelo Alvarenga, o senhor prefeito Eduardo Paes também reunião uma coletiva com a imprensa para dizer o que já vem anunciando a mais de 2 anos quando lhe é perguntado sobre a Vila Autódromo: …vai sair da vila quem quiser, quem não quiser vai ficar e vou urbanizar.

Pois bem, hoje esta fazendo 10 dias de seu anuncio para a imprensa sobre a urbanização da comunidade da Vila Autódromo e os moradores que são os mais interessados ainda não foram procurados pelo prefeito ou assessores para uma reunião para formalizar, oficializar sua decisão de urbanizar a comunidade. As famílias tem um enorme interesse nesse encontro para saber detalhes dessa urbanização e o que vem acontecendo na comunidade é o oposto, seus funcionários continuam com a prática de 3 anos atrás batendo nas portas ameaçando, assediando e desestabilizando-os com falsas promessas (aumentando os valores das indenizações e de apartamentos do minha casa minha vida) para retirar as famílias que ainda resistem.

Estamos chegando a conclusão já que ele diz que esta contra o tempo e que precisa resolver logo isso, que essa declaração para a imprensa foi mais uma mentira para desarticular a campanha que esta acontecendo nos meios sociais do “urbaniza já! A Vila vai ficar!” que começou com a atriz Camila Pitanga e que deu muito certo e a nossa luta diária recebendo centenas de apoiadores, realizando eventos entre outros.

A comunidade levou um abaixo assinado na prefeitura das famílias que resistem e querem ficar, na terça feira dia 16 último pedindo uma reunião com todos juntos para esclarecer esse tal projeto anunciado pelo prefeito e até agora nada.

Pedimos encarecidamente a todos que nos apoiam que nada mudou depois desse anúncio do prefeito falando para a imprensa que vai urbanizar e temos que continuar agora mais fortes do que nunca a pressão em cima do prefeito já que ele fez essa declaração. Vamos continuar com a campanha que iniciou-se com a Camila Pitanga, com os festivais na vila, as visitações, os rodízios, as oficinas, hortas, reuniões etc…etc… A comunidade agradece a todos que tem ajudado e não deixem que um discurso do prefeito atrapalhe uma luta de décadas, precisamos do prefeito algo sólido, documentado e assinado por ele e seus gestores um documento que legitime esse projeto de urbanização e que seja satisfatório para as famílias que aqui estão esperando para que seus direitos sejam respeitados.

Saudações Comunitárias e Solidárias